Skip to main content

O uso de óleos essenciais têm crescido cada vez mais no Brasil, especialmente após a adição da aromaterapia como prática integrativa no SUS pelo Ministério da Saúde em 2018.  

Com isso, é natural que a busca por formas mais baratas e práticas de se ter acesso a esses compostos também cresça. Neste artigo você irá descobrir como fazer óleos essenciais e se é possível fazê-los artesanalmente em casa. 

como fazer óleos essenciais

O que são óleos essenciais

Óleos essenciais são substâncias aromáticas que possuem origem nas plantas. Existem milhares de substâncias químicas naturais nas plantas, que formam os óleos essenciais. 

Essas substâncias são extraídas de diferentes formas, a depender da parte de planta de que estão sendo utilizadas. Por exemplo, o óleo essencial pode ser feito a partir das folhas, cascas, flores, frutos, raízes ou resina. 

Como óleos essenciais são feitos

Há duas principais formas de obtenção, ou seja, de fazer óleos essenciais: a destilação a vapor e a prensagem a frio. 

A definição da melhor forma de extração para cada óleo essencial irá depender da parte da planta que será utilizada. Também de como aquela planta se comporta com cada uma delas e de que forma o óleo essencial será melhor extraído. 

A prensagem a frio costuma ser feita para óleos extraídos da casca de frutos, especialmente os cítricos, como Laranja Lima (Wild Orange), Limão Siciliano (Lemon), Limão (Lime), Bergamota (Bergamot) e Toranja (Grapefruit).

Já a destilação a vapor é a forma mais eficaz de se extrair óleos essenciais de outras regiões da planta, como folhas e flores. Isso porque ela permite que fatores como a temperatura e pressão sejam ajustados a depender da sensibilidade da planta. 

Confira também:

Como fazer óleos essenciais

Extrair óleos essenciais não é uma tarefa simples, observe a seguir o processo utilizado para cada uma das formas de obtenção deles. 

Prensagem a frio

A prensagem a frio é um processo que envolve a moagem ou esmagamento da parte da planta que será utilizada, geralmente a casca. Mas esse processo precisa acontecer sem que haja aumento na temperatura, para que não interfira nas propriedades terapêuticas do óleo extraído. 

Passo a passo da prensagem a frio

  • As partes da planta são colocadas na prensa, onde há um cilindro que contém uma rosca; 
  • Esta rosca faz o esmagamento em uma câmara de compressão, até que o óleo seja extraído; 
  • O óleo sai da prensa e é colocado em um recipiente adequadamente limpo; 
  • O aquecimento que ocorre pelo processo mecânico deve ser o mínimo possível, então a temperatura deve ser monitorada o tempo todo;

Destilação a vapor

 

como fazer óleos essenciais

Ilustração do processo de destilação a vapor de óleos essenciais. Fonte: be.oil

A destilação a vapor é o processo mais comum empregado para fazer óleos essenciais, também por ser o que dá certo para a maior parte de regiões das plantas utilizadas. 

Ela também permite que se monitore a temperatura e pressão utilizadas em cada parte do processo para que não se altere a composição do óleo essencial e não se perca nenhuma propriedade terapêutica. 

 Passo a passo da destilação a vapor 

  • A água é aquecida em um reservatório e o vapor é bombeado sob pressão para outro recipiente, onde se encontra o material da planta de que será extraído o óleo essencial;
  • O vapor passa pelo material vegetal, fazendo com que as células vegetais se expandam e liberem o óleo essencial; 
  • O óleo essencial, então, é levado pelo vapor. Quando ocorre o resfriamento, água e óleo essencial se separam;
  • Finalmente, o óleo essencial é coletado.

É possível fazer óleos essenciais em casa? 

Com todas essas informações, fica o questionamento: esses processos podem ser realizados artesanalmente em casa? É possível fazer óleos essenciais? Há alguns fatores a serem considerados. 

Cultivo das plantas

A qualidade dos óleos essenciais depende bastante de como o cultivo da planta foi realizado. E não apenas do cuidado empregado no cultivo, mas de fatores externos como localização, nutrição do solo, temperatura e clima. 

Grande parte dos óleos essenciais comercializados no Brasil são extraídos de plantas cultivadas em outros países, porque as melhores condições para a prosperidade da planta não se encontram aqui. Há exceções, claro, mas as marcas possuem acesso a cultivos de maior cuidado e qualidade. 

Equipamentos e tecnologia utilizados

Outro ponto que diferencia muito fazer óleos essenciais em casa da produção em larga escala é o acesso aos equipamentos e tecnologia que somente grandes marcas com grandes recursos financeiros conseguem. 

E isso influenciará diretamente na qualidade do cultivo, extração e do produto final, mantendo ao máximo as propriedades terapêuticas da planta. 

Estrutura e logística

Ainda que não seja necessário muita estrutura e um grande sistema de logística para fazer óleos essenciais de forma artesanal, alguns cuidados são indispensáveis. Como o uso de materiais esterilizados e o armazenamento em recipientes adequados, que não irão causar reações indesejadas no óleo essencial. 

Portanto, pode até ser possível extrair óleos essenciais de forma artesanal em casa, mas não se atingirá o mesmo nível de qualidade ou as propriedades terapêuticas esperadas sem a estrutura ou tecnologia que as marcas de óleos essenciais possuem atualmente. 

Daiane Freitas

Daiane Freitas é especialista em óleos essenciais. Ela é a criadora do Método Rotina Ciclos, fundadora da Academia Óleos Essenciais.

Deixe um comentário

contato@daianefreitas.com